Home » Notícias » Assembleia arquiva projeto de rastreabilidade bovídea

Assembleia arquiva projeto de rastreabilidade bovídea

Compartilhe isto:

Produtores rurais e representantes de Sindicatos Rurais goianos (SRs) e de diversas entidades do setor se mobilizaram recentemente na Assembleia Legislativa de Goiás, para acompanhar a audiência pública (dia 5) e a sessão que resultaram no pedido de arquivamento, de forma definitiva, no Projeto de Lei (PL) que previa a rastreabilidade on-line de bovídeos. Segundo o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, o movimento mostrou representatividade e força para defender, em todo o momento, o setor agropecuário goiano e a importância deste segmento para a sociedade. “Isso mostra a participação efetiva do produtor na tomada de decisão. Temos uma responsabilidade muito grande de produzir alimento para toda a sociedade, por isso não podemos aceitar medidas que atrapalhem o processo. Sozinhos vamos mais rápido, mas juntos vamos mais longe”, ressalta.

Durante a parte da manhã, a sala de comissões da Assembleia ficou lotada e o tema foi debatido entre os presentes. Para o produtor rural José Roberto Tavares, de Rio Verde, o homem do campo não pode ficar mais da porteira para dentro de braços cruzados, enquanto quem não entende do setor toma medidas que prejudicam o segmento agropecuário. “Sempre que for preciso, vamos sair de nossas propriedades para tratar de assuntos que inviabilizam a produção”, observa.

Para o diretor executivo do Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag), Edson Novaes o projeto era inoportuno, abusivo e foi imposto sem nenhum tipo de debate ou interlocução com quem realmente faz parte do setor ou representa o segmento. Além disso, foi criado sem levar em consideração as necessidades dos produtores rurais, sem entender as reais condições de infraestrutura no campo – com insuficiência de telefonia e internet – e a atual situação da pecuária, que sofre com os impactos das operações Carne Fraca e Carne Fria, delações da JBS e embargo norte-americano.

Texto: Gerencia de Comunicação
Foto: Fredox Carvalho – Postagem Francis Telles
Compartilhe isto: