Home » Notícias » Presidente eleito da ABCT tomou posse nesta quarta-feira em evento prestigiado pela ABCZ

Presidente eleito da ABCT tomou posse nesta quarta-feira em evento prestigiado pela ABCZ

Compartilhe isto:

A posse da nova diretoria da ABCT (Associação Brasileira dos Criadores de Tabapuã) aconteceu hoje, 15 de fevereiro, o Presidente Júlio Laure fala sobre os projetos para esta gestão com exclusividade para o Portal da Associação Goiana do Tabapuã.

O presidente eleito da Associação Brasileira dos Criadores de Tabapuã – ABCT, Júlio Christian Laure, pecuarista e advogado, tomou posse nesta quarta-feira, 15 de fevereiro, no Salão Nobre da ABCZ, em Uberaba (MG), às 14;30 em evento bastante concorrido inclusive com a presença do presidente da entidade máxima dos criadores de zebu no Brasil, pecuarista Arnaldo Manuel Machado Borges.

Da esquerda para a direita, Márcio Henry Gregg, diretor de divulgação e marketing; José Coelho Vitor, segundo vice-presidente; Marcelo Ártico, ex-presidente da ABCT; Júlio C. Laure, presidente eleito; Sérgio Junqueira Germano, diretor financeiro e o presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel Machado Borges.

Deixa a presidência da ABCT o também pecuarista Marcelo Ártico que desenvolveu um ótimo trabalho à frente da entidade cuja sequencia cabe agora a Júlio Laure. Ele encabeça uma chapa de renomados pecuaristas que vão ajudá-lo a desenvolver um amplo trabalho em prol da raça Tabapuã que vai a cada dia, ganhando espaço entre os criadores devido aos inúmeros adjetivos que ela possui em termos de genética. Enfim, um produto ideal na concepção dos criadores que, modernamente trabalham com a chamada pecuária de resultado.

Júlio Christian Laure, assinando o termo de posse

Pequeno histórico

Em busca do reconhecimento do Tabapuã como raça, no dia 14 de outubro de 1968, Alberto Ortenblad, Fazenda Água Milagrosa, mobilizou criadores e fundou a Associação Brasileira dos Criadores do Mocho Tabapuã, oficialmente reconhecida pelo Ministério da Agricultura em 1969.  Alberto Ortenblad dirigiu a entidade de 1969 a 1993.

A então Associação Brasileira dos Criadores do Mocho Tabapuã, hoje Associação Brasileira dos Criadores de Tabapuã – ABCT tem como objetivo trazer benefícios, defender o interesse do criador, além de fomentar e promover exposições, leilões, provas zootécnicas, estudos, cursos, seminários e conferências necessárias e de difundir o nome da raça dentro e fora do país.

Tabapuã – é o terceiro neozebuíno a ser formado no mundo, depois do Brahman e do Indubrasil. Por ser o primeiro entre esses a surgir a partir de um planejamento específico, o Tabapuã é considerado a maior conquista da zootecnia brasileira dos últimos cem anos. A raça possui como características grande habilidade materna, docilidade, excelente conformação e acabamento de carcaça é, sem dúvida alguma, de grande valia para o desenvolvimento econômico do país. Além disso a raça é a mais testada em provas de ganho de peso oficializadas pela ABCZ e está representada hoje por mais de meio milhão de cabeças registradas e espalhadas por todo o território nacional.

 

Diretoria 

PRESIDENTE:

Júlio Christian Laure

VICE – PRESIDENTES:

João Trivelato Neto

José Coelho Vitor

Sabino Siqueira da Costa

Francisco Medeiros

Fernando de Oliveira Santos

DIRETORIA ADMINISTRATIVA/FINANCEIRA:

Sérgio Junqueira Germano

DIRETORIA DE DIVULGAÇÃO/MARKETING:

Márcio Henry Gregg

DIRETORIA TÉCNICA:

Edson de Azevedo Ribeiro

CONSELHO CONSULTIVO:

Marcelo Antônio Neto Breijão Ártico

Otávio Oliveira de Carvalho Filho

Raimundo Jezualdo Sales

Renato Garcia Fernandes

Paulo César Rudge Ortenblad

Wagner Lobão da Silva Filho

Valmor Stofela

Edgard Ramos da Silva Rêgo Júnior

CONSELHO FISCAL

EFETIVOS:

César Giachini Júnior

Antônio Levillier Garcia

Paulo Sérgio Annicchino

SUPLENTES:

Bruno Henry Gregg

Leonardo Moraes

Bernardo Alexandre de Andrade

 

Imprensa ABCT/ABCZ – adaptação Imprensa AGT

Compartilhe isto: